MEU CYMBIDIUM NÃO FLORESCE! O QUE FAÇO?

Caros visitantes, é com grande prazer que informo que o site NAVEGANDO COM ORQUIDEAS e toda sua equipe de profissionais MUDOU de CASA E ENDEREÇO…

MUDAMOS DE ENDEREÇO

nosso novo endereço é
http://www.orquidariocuiaba.com.br
e/ou
http://www.simplyorchids.com.br

Esperamos que gostem das mudanças! não esqueçam de comentar!

A partir de agora este site http://navegandocomorquideas.wordpress.com
deixará de ser atualizado…

Nas regiões onde o clima frio é mais acentuado, como na região Sul e Sudeste do Brasil, o Cymbidium floresce com maior facilidade, isto porque a planta precisa de um maior contraste de temperatura diurna e noturna e estar exposta a uma maior luminosidade na época de sua floração que ocorre entre os meses de maio e agosto, época em que a temperatura é mais baixa em algumas regiões.

Não devemos esquecer que as plantas dessa espécie e vendidas no Brasil, em sua maioria é híbrida e não catalogada, por isso levam apenas o nome genérico da espécie, CYMBIDIUM, sem aquela de inventar nomes galáticos para colocar na planta, em que pese a beleza e nuances entre pétalas, sépalas e labelo das flores vistosas, nas cores creme, amarela, amarronzada, alba e tantos outros matizes resultados de seu cruzamento em laboratórios, sem desmerecer os orquidários que desenvolvem trabalho sério, com toda uma estrutura de pesquisa, produção e posterior registro do híbrido produzido, o que não é tarefa simples.

Não importando a região em que você resida no Brasil, mesmo na região Norte, onde o clima é praticamente o mesmo o ano inteiro, quente e úmido, é possível induzir a floração do Cymbidium, simulando a diferença climática necessária entre frio e calor.

Nas regiões de clima mais frio, o ideal é proporcionar maior luminosidade durante o dia, expondo o vaso com a planta aos raios solares gradativamente, se mantido sob telados ou sombreamento acentuado ou luminosidade indireta, evitando-se queima de suas folhas verde escuro. E à noite deixa-lo exposto naturalmente a céu aberto, para sentir o sereno e o frio da madrugada. Essas diferenças climáticas dentro das 24 horas no seu período de floração, proporcionarão que solte suas hastes florais e a desejada floração.

Nas regiões onde o clima frio é ameno ou praticamente não existe como no Norte e Nordeste e alguns Estados do Centro-Oeste, a sugestão é borrifar a planta com água gelada à noite e colocar pedras de gelo sobre as bordas do vaso, em cima do substrato, evitando-se que toquem nos bulbos da planta, e deixa-la exposta ao sereno da noite.

Orquidófilos que conheço afirmaram-me que usando essa técnica de indução expondo-a durante o dia a uma variação térmica e de luminosidade maior e à noite exposta ao frio, têm conseguido boas florações em seus Cymbidiuns.

As regas da planta, como na grande maioria das orquidáceas, devem acontecer somente quando o substrato estiver praticamente seco, uma vez que rega excessiva pode provocar aparecimento de fungos ou simplesmente apodrecer as raízes. O Cymbidium é uma planta que precisa de boa adubação orgânica para um bom desenvolvimento e floração, como esterco de curral e/ou galinha curtidos, e na época de floração adubo químico diluído em quantidade mínima, com maior porcentagem de FÓSFORO (P).

A você que é iniciante no cultivo de orquídeas, vale lembrar que os adubos químicos em geral são conhecidos sob a fórmula “N-P-K” onde “N” é o Nitrogênio, “P” é o Fósforo e “K” o Potássio. Maior quantidade de Fósforo na composição do adubo auxilia na floração das plantas em geral. Normalmente na nomenclatura dos frascos ou saquinhos vem escrito a quantidade de cada nutriente, em proporção, exemplo: “NPK 10-20-10″ – significa que possui maior quantidade de fósforo e menor de nitrogênio e potássio…portanto melhor para a floração da planta.

Nunca coloque adubo em excesso em qualquer orquídea sua, saiba usar o bom senso e leitura das normas do fabricante contidas nos saquinhos ou frascos, se se pede uma colher de café dissolvida num litro d´água, assim deve ser…ficar achando que “dando mais comida pra planta ela ficará mais viçosa e com flores mais bonitas…” ESTÁ ERRADO!.. fazendo isso matará a planta em poucos dias, pela queima química de suas folhas e raízes. Lembre-se, melhor adubar de menos que colocar a mais!

Não esqueça de que os vasos de forma meio cônica e comprida, normalmente de plástico preto ou marrom, nos quais são plantados e vendidos os Cymbidium que compramos já floridos, estes acham-se com suas raízes praticamente hiper-lotadas lá dentro.

Minha sugestão é de que, após a floração, molhe bem o vaso pra facilitar as raízes desgrudarem-se sem muito trauma, soltando-as e replantando noutro vaso maior ou mesmo no chão de seu jardim, com o substrato correto e lembrando de colocar uma boa base de pedriscos, telha ou tijolo de 8 furos quebrados, colocados no seu fundo ou cova em que será replantada, para uma boa drenagem da água que venha a receber.

Nomenclatura: CYMBIDIUM Sw. – Gênero com 44 espécies, podendo ser epífita, rupícola ou terrestre e ocasionalmente saprófaga. Originário principalmente da China, Índia, Nepal, Tailândia, Filipinas, inclusive Austrália. Foi primeiro descrita em 1799 por Olof Swartz (abreviado Sw.). Tribo Cymbidieae. Subtribo: Cyrtopodiinae. Etimologia: do grego “kimbos“, buraco, cavidade. Veja a seguir foto detalhe das flores de um exuberante Cymbidium híbrido.

About these ads

Tags: , , , , , , ,

Uma resposta to “MEU CYMBIDIUM NÃO FLORESCE! O QUE FAÇO?”

  1. rodrigo vergara Says:

    sou um apaixonado por orquidias e como tal procuro informações sobre elas
    um abraço.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: